Google

Translate my page Google

11 de set de 2017

O Mar recuou, por que isso aconteceu? Sinais?


Não só o mar recuou nos meses de agosto aqui no litoral do Brasil, Uruguai, Guatemala, Ilhas Caribenhas, como ainda está recuando em litorais da costa americana ainda nesta semana. Pesquise.

As hipóteses são muitas, mas mesmo os "especialistas" estão surpresos com o que estão presenciando. Dizem que são "os ventos do Norte"... mas esses não movem nem moinhos...


O que deixou muita gente chocada é que ficaram expostas a areia e pedras do fundo, que antes eram cobertas pelo mar por muitos metros de distancia do habitual nas praias do nosso litoral - de São Paulo ao Rio Grande do Sul - e por favor - não se trata de "maré baixa", mas de oceano raso! 

A coisa é tão bizarra e tão invulgar para nossos dias que nem a imprensa deu muito destaque desse fenômeno gritante para não causar "panico". Temos que caçar as reportagens para saber mais sobre esses acontecimentos.

Muita gente sabe que recuo radical do mar (também chamado em Inglês de drawbacks)  é um sinal clássico de tsunami a vista. Isso aconteceu na Indonésia em 2004 e muitas pessoas sabedoras desse "sinal" salvaram suas vidas e de algumas outras. Nada como ter conhecimento, certo?


O "Drawback" do dia 11 de março 2011 no tsunami do Japão, expôs a praia a uma distância considerável. Se a água recua primeiro ou a inundação chega primeiro sem aviso, depende de como o tsunami é gerado

A maioria dos tsunamis são produtos de terramotos de grande magnitude (magnitude 8+) que movem permanentemente o fundo do mar (elevação) e para baixo (subsidência), que desloca a água do mar criando o tsunami. 

Ficar atento "aos sinais" é algo que exponho aqui em meu BLOG por anos. Infelizmente algumas pessoas encaram esse alerta como "promoção de panico" e preferem viver na ignorancia, pois só assim deus os salvará.

Veja você, ensinar as pessoas a se defenderem sobre tudo, causa panico... alertam os zumbis. Esses que se borram de medo da realidade dos fatos são os que nos darão muito trabalho... Lidar com essa gente será pior que o evento em si. 

Deixa a zumbizada em paz e vamos em frente.
Essa postagem de hoje é uma coletânea dessas informações que estão disponíveis nas redes sociais, mas que nem todos sabem como encontra-las  - mas aqui no meu BLOG você vai ter tudo.

Inclusive, uma outra visão sobre esse RECUOS do MAR em todo planeta, nessa reportagem em que o cientista nos diz sobre esses eventos e outros tantos que ainda poderão ocorrer aqui no Brasil e no planeta.

Meus caros... isso não é "profecia", mas pura ciência. Causa e efeito - sabido com zilhões de anos de antecedência.


Fique atento também ao meu Twitter com links a todo momento. 

Fiz esse vídeo ontem só para trazer a você um link bem estranho, diga-se de passagem, que precisa ser investigado por todos nós.


Enfim, nossa vida não será a mesma daqui pra frente. Muita coisa vai mudar. Mudaremos a paisagem, a moradia, as crenças, as "certezas" e tudo mais que for importante para nossa tranquila transição.

até mais...

laura botelho












4 de set de 2017

Furacão IRMA pode resignificar a data “11 de setembro”


Nem bem o furacão Harvey passou, vem outro na sua cola, e muitos outros virão.

Isso não é uma “profecia”, é pura ciência.

O furacão Harvey, que afetou o Texas e a Louisiana - e continua a afetar grandes áreas de Houston, Beaumont e outras no mês de agosto 2017 - parece ser um dos desastres naturais mais prejudiciais na história dos EUA, até esse momento que digito essas palavras.

Harvey estabeleceu o recorde de precipitação de ciclones tropicais medida em qualquer lugar nos EUA ao longo dos últimos 50 anos.

Embora seja muito cedo para identificar o preço final de Harvey sobre as vidas e as propriedades afetadas, as melhores estimativas desse impacto, até agora, apontam que os danos chegariam a mais de US $ 190 bilhões, superando o furacão Katrina. 

Os 10 furacões mais destrutivos causaram prejuízos de US $ 442 bilhões e Harvey e outros desastres climáticos fazem parte de uma tendência desastrosa em todos os quesitos daqui em diante.

No alemão antigo, o nome "Irma" - "irmin" alemão antigo – se traduz por  "deusa da guerra"

Meteorologistas estão chocados com a rapidez com que o furacão Irma está se fortalecendo a caminho da costa dos Estados Unidos.


Existe uma possibilidade muito real de que o furacão Irma possa ser pior ainda. 

De acordo com o National Hurricane Center, às 5 horas do dia 08/09 (sexta-feira), o IRMA já apresentará ventos devastadores, mas pode se transformar em tempestade de categoria 5 (numa escala de até 6) com ventos de quase 300km/h – e se isso acontecer... a devastação será absolutamente sem precedentes...

Irma começou a se formar na quarta-feira (30 de agosto) nas águas quentes da costa da África Ocidental e intensificou-se a uma taxa mais rápida do que qualquer tempestade já apresentada  em quase 20 anos. Levou apenas 30 horas para se fortalecer para uma categoria 3 com “um olho” bem definido, um sinal clássico de um forte furacão.

Já na terça-feira (06), espera-se que a tempestade se torne um furacão da categoria 4.
Irma está prevista para se tornar um "grande furacão" até a noite de quinta (07), à medida que ele se mova para o oeste em direção às Ilhas Sotavento, pode atingir o solo das Carolinas em 10 de setembro.

Há uma divergência quanto aos modelos de trajetória entre os americanos – que levam os ventos para as Carolinas no próximo domingo – e os europeus que levam os ventos para Cuba e, possivelmente, ameaçam o sul da Flórida.


"As pessoas precisam estar preparadas para um poderoso evento de tempestade e um evento de vento de energia ao mesmo tempo impactando a costa leste", disse Megan Linkin, meteorologista, especialista em perigos naturais da Swiss Re, com base em Zurique.

Alex Kaplan, vice-presidente da Swiss Re Global Partnerships, disse que o governo em todos os níveis deve "se proteger financeiramente para garantir que suas comunidades possam voltar a se levantar o mais rápido possível" após um desastre.

Os efeitos do Harvey ainda estão sendo sentidos pelas indústrias de petróleo e gás. Cerca de 10% das plataformas de petróleo tripuladas no Golfo foram evacuadas, de acordo com o Bureau of Safety and Environmental.

Já viu que os preços do gás aumentaram e o barril do petróleo tende a seguir o mesmo.

Desde 2010 estou aqui escrevendo sobre desastres e eventos com grandes “possibilidades” que nos levarão a razoável diminuição da população mundial, bem como a mudanças radicais de paradigmas na estrutura socioeconômica, afetando dramaticamente a mente dos menos avisados.

Quem nessa trajetória se preparou – espiritualmente, emocionalmente e fisicamente - se fortaleceu, mudou suas crenças, resignificou seu velho script e criou novas estratégias e habilidades para superar esses desafios, não tem com o que se preocupar pelo que ainda virá pela frente.

Digo isso, porque sabemos que os eventos vão acelerar de tal maneira que muitos não terão condições físicas, mentais, emocionais - e principalmente espirituais - para reagir, entender e se orientar a ponto de minimizar tanto sofrimento.

Estamos a beira de uma grande guerra de conseqüências inimagináveis que resultarão em uma escalada de acontecimentos “apocalípticos”...

Não significa que TODOS verão a mesma “imagem” nesse grande holograma, mas a maioria sucumbirá a planos espirituais que eu chamo de “limbo”.

Quando muitos morrem juntos dificilmente conseguem identificar o “fim do jogo” e acreditam que ainda estão dentro dele. É preciso ter muito preparo e informação para “diagnosticar” a realidade dos fatos.
 
Ilha de Manhattan/NY - inundação Sandy - 2012
Eu exemplificaria esse momento como estar preso a um intenso pesadelo, desses que a gente jura que é real, em que a gente chora, sua, corre, grita, sente dor, mas só se sente realmente seguro quando “acorda”, abrindo os olhos para verificar que não está mais sonhando...

Bom, esse é meu resumo rápido para o que quero que você entenda nessa semana e se você ainda insiste em reproduzir o velho disquinho ranheta do: “Você está incutindo medo nas pessoas”...

Caramba... você já está no limbo.


laura botelho


2 de set de 2017

Video - GIORGIO TSOUKALOS no Brasil


Para quem não foi ou não soube desse evento, vale a apena assistir com calma nesse fim de semana esses videos. 

Percebo que estamos tendo mais e mais movimentos como esses - um diálogo aberto a comunidade de todo planeta sobre a vida ALIEN - e ninguém melhor para nos contar o que sabe, convidado pelo canal HISTORY Brasil GIORGIO TSOUKALOS

Assista ao debate ao vivo do dia 26 de agosto 2017, sobre ufologia e vida extraterrestre, junto com um seleto grupo de especialistas convidados transmitido ao vivo no espaço Villagio JK, em São Paulo, com público de 1.000 pessoas

Os integrantes da UFO Toni Inajar Kurowski, Thiago Ticchetti, André de Pierre e Brien Foerster tiveram mais de uma hora com Giorgio, em uma atividade moderada pelo editor A. J. Gevaerd.



Brien Foerster 
E nesse outro vídeo, a entrevista que a Equipe da Revista UFO fez com o astro de Alienígenas do Passado, Giorgio Tsoukalos, nos dias anteriores, dia 24 de agosto, no Hotel Emiliano, em São Paulo. 

A Revista UFO foi a primeira publicação a ser convidada pelo canal History, pela sua referência no cenário ufológico nacional tendo quase 40 minutos de papo com Giorgio Tsoukalos, com o editor A. J. Gevaerd.




24 de ago de 2017

Marines simulam guerra contra a Russia


Esquadrão de jovens fuzileiros navais com equipamento de combate simulam, em ambiente que mais parece cenário para um filme de guerra, o que poderia ser um ataque a uma pequena aldeia rural na Europa Ocidental, que cheirava a  esterco animal e pólvora. 

Os cheiros de pólvora e fezes no armazém são artificiais, bombeados por um "gerador de aromas" para simular as sensações de uma implantação em uma aldeia devastada pela guerra perto da fronteira russa. 

Vozes em idioma russo soavam de uma multidão de civis em um corredor estreito: "Ajude-nos! Médico!"

Um soldado pisou um pedaço de sujeira acionando um dispositivo explosivo improvisado. O boom ecoou as paredes dos armazéns e passou pelos ossos dos marines como se fosse verdade. O marine que pisou no que não devia, ficou no chão para ser resgatado. Alguém grita: “Morto”!!

Os fuzileiros no “simulador de combate de ação” lutam com insurgentes de língua russa em um país do Leste Europeu “sem nome”, preparando-se para o conflito, quando um treinador alerta que seria uma "Terceira Guerra Mundial".

Um homem atravessou o pátio e passou pela porta aberta de uma clínica e jogou algo dentro. Uma granada. 

"Morto! Morto! "Gritou um homem de roupas civis, apontando para dois dos fuzileiros mais próximos da granada. "Concussed! Concussed! ". Ele gritou para mais dois. Os fuzileiros visados ​​caíram no chão enquanto seus irmãos disparavam para o pátio.

A granada e o IED no simulador podem ter sido falsos, mas as emoções dos fuzileiros não foram. Em sessões de debrief com formadores e líderes de esquadrão alguns ficaram com raiva ou perto de lágrimas porque cometiam erros e deixaram seus irmãos caídos. Todo Marine estava ciente do que um erro desse tipo poderia significar em combate real.

"Perdemos quatro fuzileiros hoje", Cpl. Nathan Watkins, disse um líder de esquadrão da cidade de Logan, Kentucky, depois de um primeiro ataque com um novo esquadrão de fuzileiros navais menos experientes. 

"Eu sei no meu coração que o que fazemos aqui economiza vidas", disse Jackson. 

Essas surpresas de combate, boas e más, são registradas para fins de treinamento. A instalação usa 167 câmeras de alta definição para gravar em cada polegada e ângulo da ação, produzindo um DVD que o esquadrão e os líderes de pelotão podem usar como "filme de jogo".

"Eles devem estar prontos para qualquer coisa. Mas a verdade é que, se os pelotões de infantaria da marinha dos EUA estiverem no chão na Ucrânia, então estaremos no meio da III Guerra Mundial" - disse Jackson sobre as células de infantaria e inteligência que passaram pelo cenário da Europa Oriental do instrutor de imersão. 

Como uma equipe de produção de estúdio de filme mudando scripts, conjuntos, figurinos e atores, o simulador pode ser reestruturado para simular outras áreas, como Filipinas ou África Oriental, onde grupos terroristas como al-Shabab e Jahba East Africa, um afiliado ISIS, operam .



Durante os anos de pico das guerras do Iraque e do Afeganistão, o simulador foi usado para treinar o desdobramento de tropas em questões de sensibilidade cultural, como realizar compromissos-chave com o governo local e o caos que se segue quando a primeira rodada deixa um AK-47.

"É principalmente contra-insurgência agora, e há diferentes tipos de insurgências, como um estado falido que você precisa estabilizar até que um governo instantâneo seja implementado. Então, nós tomamos todos esses cenários possíveis aqui, e não há poeira de fadas. Nós fazemos que isso seja tão real para eles quanto possível, e eles precisam trabalhar com a resolução de problemas".


Treinamentos custam caro e se não forem posto em prática?... dinheiro jogado fora? 

Está muito estranho o movimento de militares para a Europa. Fique atento, a coisa vai esquentar e longe de uma "simulação"...

laura botelho







19 de ago de 2017

Eclipse Solar. 21 de agosto, dia da colheita ?


Pesquisadores da Universidade de Southampton (Reino Unido), da Universidade de Waterloo (Canadá), do Instituto Perimeter (Canadá), da INFN, da Lecce (Itália) e da Universidade de Salento (Itália), publicaram descobertas reveladoras anos atrás na revista Physical Review Letters


“Descobriram” que nosso universo é holográfico... que coisa, eim?

Essa “maluquice” foi sugerida pela primeira vez na década de 1990, mas não ganhou caldo, não teve muita atenção dos humanos para tal “absurdo”.

O Universo Holográfico sugere que toda a informação, que compõe a nossa "realidade" em 3D (mais o tempo) está contida em uma superfície 2D limitada.

Fazendo uma analogia rápida, seria como assistir um filme 3D onde veremos as imagens como tendo altura, largura e profundidade, mas com um “adendo a mais”, onde poderíamos tocar os objetos desse filme e senti-los, nos levando a percepção de que a "projeção" é muito "real" - e isso, meus caros, bagunça toda nossa mente.

Quem sabe daqui há uns 10 anos a nova geração estará preparada para entender esse evento de maneira muito mais fácil que nós. Afinal, tem pouco mais de 10 anos que passamos a entender o que seria um Smartphone, certo?

O que faz com que essa percepção de “realidade”, seja mais forte que nossas crenças sobre ela, está no nosso cérebro, nesse computador biológico que tudo cria e recria a partir de um bom SCRIPT bem detalhado e desenhado.

Não entendeu onde quero chegar?
Acompanhe meu raciocínio.

O nosso ambiente telúrico é construído a partir de padrões, de rituais, de sinais, símbolos que nosso cérebro capta, organiza, traduz (adapta), e devolve para o ambiente como nossas crenças, nossas informações que compõem nosso caráter, personalidade, um conjunto de atributos e habilidades que adquiridos a partir do tempo que passamos na Terra.

Quanto maior o número de associações que nosso cérebro conseguir fazer com as informações que recebemos, mais “Insights” teremos facilmente – um poder de observação aguda e dedução, discernimento e percepção, de entender a natureza interna das coisas – um comportamento para a solução de problemas e perigos futuros.


Perceba que estamos recebendo, em questão de milésimos de segundos, zilhões de informações, mas não nos damos conta disso, isso porque nosso CONSCIENTE (porteiro) barra, seleciona e arquiva aquilo que não condiz com nossas “regras” sociais, nosso banco de dados para sobrevivência em grupo.

Se elegermos uma religião, um estilo de vida, uma conduta comportamental para seguirmos, tudo que for diferente desse SCRIPT de berço, será anulado, desqualificado, ridicularizado e esquecido no submundo do nosso INCONSCIENTE.

Nada será “deletado”, apenas “esquecido, abandonado” em uma pasta qualquer de nosso HD, até que um dia... O INSIGHT trará à tona esse memória renegada em tempos antigos.

Minha função aqui é justamente “fuxicar”, remexer, desbloquear essa “pasta” de seu inconsciente e trazê-la, entregá-la a consciência, ao porteiro, para que esteja ciente desses fatos, para que ele “foque” – ative sua percepção seletiva - para o que é importante já, agora, nesse momento de sua existência...

Voltando a vaca fria... Não negue nenhuma informação, por mais “ridícula” que ela possa lhe parecer HOJE, pois amanhã ela será a “peça” fundamental para o “click” de despertar desse transe de mil anos.


O papel das Festas Bíblicas na história da humanidade

“Festas” são antes de tudo PADRÕES, rituais, simbologias que precisam ser ancoradas em emoção de grupo. Esses símbolos que envolvem rituais se perpetuam a cada lembrança ou encontros futuros.

O SCRIPT precisa de emoção forte para ser percebido e aceito pelo “porteiro” – CONSCIENTE, do contrário, passa batido para o subsolo dos arquivos.

Estas “festas” religiosas falam sobre um povo – os hebreus - que se mantém presente durante a maior parte da história humana. As datas religiosas são maneiras de “manter essa informação anterior” para futuras gerações até os dias de hoje, mesmo que elas não entendam o sentido delas “nesse” presente momento.

A gente demora pra entender, então só pegando no tranco, infelizmente.

Os que preservam e entendem esses conhecimentos só divulgam e espalham entre aqueles que estão preparados para tê-los. Esses que têm a informação completa são os chamados “profetas”.

E o que são PROFETAS?
Em latim propheta, "interprete" ou "porta-voz" especialmente dos deuses, "inspirado pregador ou professor" - de pro - "à frente, mais adiante" ou "para, em nome de", mais a raiz phanai - "falar".

Ou seja, uma pessoa que fala "o que irá acontecer mais adiante" ou "em nome de alguém".

O que na realidade é um sujeito que alega ter sido contatado por algo divino e que se coloca como intermediário entre o “divino” (leia-se ETs safados) e a humanidade, passando informações – SCRIPT - que deverão ser ancorados precisamente no tempo certo, pois o sucesso desse novo programa depende da “carga emocional” em que se encontram os humanos no momento certo, do contrário, não vai rolar a materialidade da coisa – no bom Português; a coisa não acontece!

Lembrando que: cada ser humano é único, (individuo), tendo um tempo certo, adequado para evoluir, subir os degraus até o topo (consciência).

Entenda que para que um EVENTO de grande proporção se “realize” é preciso que os humanos estejam estressados, com carga emocional a flor da pele, temerosos e dispostos a vender suas almas por um pouco de paz...

Ligou alguma coisa aí? Não? OK... vamos seguindo.

21 de agosto – dia da colheita
Eclipse Solar é um evento que causava, e ainda causa, medo e um mau presságio em muitas culturas.

Na China antiga, dizia-se que um dragão celestial se alimentava do Sol, causando um eclipse solar - a palavra chinesa para “eclipse”, chih ou shih, significa comer.

Os antigos gregos acreditavam que um eclipse solar era um sinal de deuses irritados e que era o início de desastres e destruição.

Tradicionalmente, as pessoas em muitas culturas se juntam para bater potes e panelas e fazer barulhos altos durante um eclipse solar. Isso deveria fazer com que demônios que se aproveitavam da escuridão se assustassem e voltassem para suas tumbas.

Já os Batammaliba, que vivem no Benin e no Togo, usaram um eclipse solar como um momento de aprendizagem. Para eles um eclipse do Sol significava que o Sol e a Lua estavam lutando e que a única maneira de impedi-los de se machucar era que as pessoas na Terra resolvessem todos os conflitos uns com os outros.

Além dos povos antigos, textos religiosos apontam que “haverá sinais no céu” nos alertando para os próximos acontecimentos.

Elul é o décimo segundo mês do ano civil judaico e no sexto mês do ano eclesiástico no calendário hebraico, que geralmente ocorre em agosto a setembro no calendário gregoriano. É um mês de verão de 29 dias. 

Na tradição judaica, o mês de Elul é um momento de arrependimento , como um tempo para preparação para o próximo Dia do Juízo, Rosh Hashaná e Dia da Expiação, Yom Kippur.

Rosh Chodesh Elul começa ao pôr-do-sol no dia 21 de agosto de 2017.

Ultimo eclipse que atravessou inteiramente

1918 - Foi também o ano da maior pandemia de gripe (janeiro de 1918/ dezembro de 1920) inusitadamente mortal que arrebatou mais de 500 milhões de pessoas em todo o planeta, incluindo ilhas do Pacífico e do Ártico, (3 a 5% da população mundial) tornando-se um dos desastres naturais mais mortíferos na história humana. 


Em 1918 deu se início a PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL. Os humanos estavam estressados, aterrorizados, desprotegidos trabalhando em apenas proteção e não crescimento.

De novo: para que um SCRIPT seja introduzido é necessário que o cérebro esteja em “modo defesa”, pois não conseguimos raciocinar, avaliar, criar e produzir pensamentos que levem a RESOLVER conflitos!

Os arianos estão por trás dessa mudança – e ela será radical, prepare-se.


laura botelho




7 de ago de 2017

NESARA. Que diabos é isso?


The Disclosure Activists (Ativistas da Revelação alien) que lutam para que a alegada presença extraterrestre na Terra seja trazida à tona, afirmou recentemente que governos do mundo todo estariam se preparando para fazer uma declaração pública de que alienígenas são de fato reais.


E isso já encheu o meu saco...

O grupo, fundado por Russell Calka – entusiasta do fenômeno OVNI –, e pela Dra. Lisa Galarneau – antropóloga sociocultural e veterana do exército americano – emitiu uma nota no começo desse ano onde ressalta que a suposta postura de negação generalizada e a desinformação perpetradas por governos mundiais estariam chegando ao fim.

Isso porque acreditam que o temor anterior de uma desestabilização da sociedade, no que se refere às crenças antigas e desarrumação, conflito entre as inúmeras religiões, parece não ser mais um problema nesse momento. Esses eventos já fazem parte de nossa realidade e só tendem a piorar. Um alien a mais ou a menos, não faz diferença nenhuma.

Esse processo para a revelação alien já estaria em andamento, e foram citados como exemplos a divulgação feita pelo Ministério da Defesa da Espanha no início de março de 2017, onde constavam vários documentos relacionados a OVNIs, além de revelações que já haviam sido feitas anteriormente pelos governos do México, Chile e Reino Unido.

"Este é um passo importante para o contato aberto com inteligências extraterrestres que não mostraram intenções hostis, (?) e [que] poderiam ajudar (?) a humanidade com alguns dos nossos problemas mais intratáveis, incluindo energia, mudança climática, poluição e escassez de recursos [naturais]".

"Até que este embargo da verdade seja encerrado, os governos, as organizações e os cidadãos do mundo não se envolverão, as universidades não ensinarão, a mídia não abrangerá adequadamente, e as instituições que concedem não financiarão a miríade de questões profundas relacionadas aos fenômenos extraterrestres e seus Impactos na humanidade".
Dra. Lisa Galarneau
Grifos e interrogações são meus.

Os promotores da verdade ALIEN estão acreditando que Donald Trump se tornará o primeiro presidente a quebrar um suposto "embargo de verdade" e revelar ao mundo, ainda este ano, que os alienígenas realmente existem.

Vamos parar aqui para recapitular essas notícias
que circulam na WEB
Já escrevi demais sobre isso nesse BLOG.

Vamos juntos ligar os pontinhos, entender realmente o que pode estar ocorrendo nesse momento da história da humanidade. Um momento sensível que poderá cerrar sua alma de vez nessa prisão por mais mil anos, ou ajudar com sua evolução pela eternidade.

Acompanhe meu raciocínio e busque a melhor resposta para si, a partir das imagens e fatos que vou expor nesse texto.

Que cada um consiga analisar e perceber criteriosamente o que estão tentando criar em nossas mentes daqui em diante. Acredito que um novo SCRIPT está entrando nesse jogo.

TRUMP – símbolo gráfico, palavra que significa etimologicamente:
"Fabricar, inventar," “trunfo”, "enganar, trapacear". Do francês antigo tromper "para enganar", para tocar uma “trombeta". Também "agir como tolo". Trumped ; Trumping . Trumped = "falso, inventado" (1728)."Trombeta", “Trumba”, antiga expressão Nórdica.


Aliens nórdicos = Arianos 
São seres não humanos, mas com semelhança indiscutível com os nativos escandinavos. São basicamente descritos com média de mais de 2 metros de altura para os homens e longos cabelos loiros, olhos azuis (claros) e tons de pele que variam do marfim ao bronzeado.

Estes seres arianos são identificados facilmente pelos inúmeros abduzidos que os observaram circulando dentro das naves entre os muitos reptilianos de casta inferior, do tipo Gray.

Acredita-se que esses seres nórdicos, arianos, são originários das Plêiades (uma nuvem de estrelas conhecidas como “as 7 irmãs”).

Esse aglomerado de estrelas de tom azul é observado desde a antiguidade em culturas ao redor do mundo e citadas claramente entre os celtas, os maori (que as chamam de Matariki ), os aborígenes australianos, os persas, os árabes (que os chamavam Thurayya), os chineses (que os chamaram 昴 mǎo), os japoneses, os maias, astecas, os sioux e os cherokee etc - e mencionadas 3 vezes também na Bíblia.

No hinduísmo, as Plêiades são conhecidas como Krittika e estão associadas ao DEUS DA GUERRA Kartikeya

Estamos em fim de mais uma civilização e começo
de uma nova nesse planeta.

Civilizações anteriores findaram justamente quando seu povo se rebelou contra os “deuses”, criando uma “gerencia difícil” para eles nesse ambiente telúrico de 3ª dimensão.

Sabedores que sua presença física causaria problemas futuros, resolveram que nestas ultimas civilizações (mais recentes), eles não dariam as caras por aqui, ao contrário, iriam gerenciar tudo pela WEB, muito mais fácil – estariam portanto, Onipresentes, Oniscientes e Onipotentes vigiando o gado, colocando uns “administradores consangüíneos” para gerenciar o destino da manada.

Acredito profundamente que temos escolhas e isso eles terão que respeitar.

Não se pode destruir a energia, apenas canalizá-la, encapsulá-la ou orientá-la. Se somos pura energia, “eles” pouco podem fazer para nos prender aqui nessa fazenda. 

Mas como ficar livre da ação deles?
Nos informando. Sabendo quem são, como são, o que são e para que são.

Nós também temos que saber quem somos, o que somos e por que somos... do contrário, cairemos na cilada novamente.

Muitos me perguntaram sobre associação entre Donald Trump e o acrônimo NESARA da frase em Inglês - National Economic Security and Recovery Act  (Proposta para Lei de Segurança Econômica e Recuperação Nacional) e resolvi postar aqui o que achei.

O que pude apurar foi que um professor, graduado da Louisiana em  filosofia de sistemas e consultor de engenharia de nome Harvey Francis Barnard, elaborou, num momento de extrema solidão no seu banheiro, isso por volta dos anos 80/90, uma proposta intitulada  Draining the Swamp: Reforma da Política Monetária e Fiscal  (1996).

Ele se empolgou com o que tinha criado e resolveu imprimir 1000 cópias e doar sua brilhante ideia aos membros do Congresso americano...

Sua proposta de recuperação econômica sugerida ao Congresso parece que não surtiu efeito, e não satisfeito em publicar em papel, publicou também na internet seu compendio, até que... “alguém” que leu, achou sua ideia inovadora, uma formula criada pelos deuses pra pegar bobo.

Narra a lenda que uma pessoa identificada como Shaini Candace Goodwin  espalhou essa proposta para Fóruns na WEB com a sigla NESARA.

Investigações adiante diziam que essa pessoa fazia parte de escolas de mistérios. Acredita-se que Goodwin espalhou na rede que essa proposta deveria virar lei e estava sendo batalhada por militares americanos para ser implantada, mas George Bush, filho, ignorava...

Grande HOAX da nova era.
Onde, minha gente, que militares americanos batalham por leis financeiras nos Estados Unidos? Eles não sabem nem quem paga o salário deles!

O que diz a proposta NESARA?

Olha, acho melhor você mesmo pesquisar. Essa proposta para mim é tão insana, que nem consigo repeti-la aqui. É muito fácil de achar. Me poupe dessa exposição.

Nesse processo de quem espalhou o que, o fato é que o tal Goodwin começou a coisa toda e conseguiu muito dinheiro arrecadado com os desavisados da Nova Era.  

Qual o objetivo do hoax, NESARA?
A incrível lei NESARA virou introdução a uma nova vida aqui na Terra e que isso ajudaria a introduzir e facilitar a chegada de aliens “benevolentes” em solo terráqueo...

Dizem eles que teríamos uma invasão em grande escala de “seres mundiais” (?) e "interdimensionais" que estariam ajudando (nos bastidores?) a divulgar essa proposta NESARA para ser oficializada....

Gente... eu não tenho mais saco para esse tipo de assunto... Cansei.
Meu saco original de fábrica estourou há uns 30 anos atrás, o step que uso é fraquinho, rompe à toa e me deixa sem muita elasticidade para acumular tanta besteira e levar esse papo adiante. OK?

Essa história de Aliens bonzinhos, NESARA, leis galácticas, Asthar Sheran, Sananda, Fraternidade Branca (negro, amarelo, vermelho e pardo não são irmãos) E essa tal Hierarquia de Mestres Ascensoristas... não dá mais.

Eles estão tentando introduzir a nova versão 2.33 de Jesus.
Sananda seria uma releitura dos textos antigos, desde Hórus, uma continuação da história que todos, que me acompanham, já sabem.

Eu já ri baldes lendo uma explicação da Teosófica Alice A. Bailey, que deu seguimento as bobagens da então Teosófica Helena Blavatsky.

Alice Bailey tentou ser diferente e construiu um complicado organograma para a “hierarquia” dos mestres, dando lhes cargos específicos e função, transformando grandes “instrutores da humanidade” em personalidades famosas e luxuosas, acrescentando a essas figuras um ar “démodé”, onde a humildade e discrição passam longe dessas almas “superiores”, avançadas em quinta, sexta (e subindo!) dimensão.

Bailey cria postos mais importantes para certos Mestres e tudo parece tão burocrático como a estrutura de qualquer centro empresarial nos dias de hoje, o que para isso, a grana precisa fazer parte desse mundo maravilhoso, dessa Fraternidade Branquinha, (irmãos, filhos do mesmo dragão), funcionar nesse nível de baixa evolução espiritual.

Sananda 
O professor americano Joshua David Stone começou a ensinar em 1993, que o Mestre Jesus, sob o nome galáctico de "Sananda" (Stone jura que ele adotou após a sua ressurreição), “trabalha” com o Comandante Ashtar, voando em seu próprio disco voador dentro da Frota Estelar chamada "The Airborne Division of the Great White Brotherhood" = “A Divisão Aerotransportada da Grande Fraternidade Branca”.

Isso significa que negros, pardos, vermelhos e amarelos não são seus irmãos...

Segundo o Manual galáctico de instruções aeroespaciais, Sananda (vulgo Jesus) assumiu como “comandante a frota” de discos voadores, e que Ashtar está agora no segundo comando, rebaixado de posto.

Perceba que isso é muito importante para nossa evolução... saber quem está dirigindo essa merda de nave e quem está subindo e descendo nesse rolo....

Tem muito ascensorista loiro de olhos azuis e isso confunde, distrai demais para quem está subindo uma dimensão ou descendo outra...

Sinceramente? Não sei mais o que escrever... só tenho vontade de rir.

O número de interessados pelo assunto - vida alien/ espiritualidade - está aumentando exponencialmente a cada dia, é fácil perceber isso, e me deixa feliz, mas espero sinceramente, que você que está despertando para essa “realidade” agora, não se satisfaça com o meu ponto de vista ou o que outros grupos pregam e martelam por aí. Faça pesquisa. Reflita, junte o que você acredita e fuxique para encontrar algo que respalde suas crenças.

Se você crê que Jesus existiu, ótimo, investigue a fundo.
Se você não acredita em deus ou em “mestres” que ditam o que devemos fazer ou seguir, investigue também.

Você será livre sempre que perceber a manipulação nas notícias, nos acontecimentos, nos eventos dramáticos que estão ocorrendo diariamente. Basta ficar atento ao "conjunto" das imagens e conteúdo falado e escrito.

Encare qualquer desafio, qualquer dúvida que paire na sua vida. Não tenha receio de saber o que se passa ao redor. Entenda, avalie e esteja preparado, sempre.

Otimismo é bom, mas ele só funciona quando sabemos o que estamos fazendo, do contrário, é pura questão de sorte e eu não acredito em “sorte”.

Eu não acredito em Mestres, alienígenas que precisam ter naves próprias (matéria) para se transportar. Não faz sentido serem tão evoluídos e ainda usarem naves para "descer" na Terra, uma vez que eles nunca saíram daqui.

Esses ETs safados precisam de dinheiro, tal qual as igrejas. Evoluídos, eim?
Dizem que precisam de ajuda dos pobres e limitados humanos. Usam a comunicação através de palavras (símbolos) e isso é sabido que leva a zilhões de interpretações - e se você não tiver uma interpretação própria, meu amigo... vai cair na cilada sempre.

Não faz sentido pra mim a “hierarquia”, uma ordem de poder nessa "fraternidade" – isso faz parte de um sistema de castas, onde há soberanos e escravos.

Então seres evoluídos ainda não são iguais? São diferentes entre si em graus de poder sobre os demais, como reis e rainhas ou governantes? – separados dos que estão bem abaixo? Separados dos “servos” do Senhor?

Enfim, NESARA é um hoax que vai tirar seu dinheiro suado das suas mãos para mãos bem “evoluídas” - estrategicamente falando.

laura botelho

Deixo esses links abaixo para que você avalie o que a WEB está nos oferecendo. São antigos textos que explicam tudo isso que escrevi acima.







  


meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos