Google

Translate my page Google

18 de out de 2016

Asgardia, a vida fora da Terra.


Stargate SG-1 foi um seriado de TV com 214 episódios ao longo de 10 temporadas, produzido pela Metro-Goldwyn-Mayer. A série estreou em 27 de julho de 1997 e seu último episódio foi em 13 de março de 2007.


A história de Stargate SG-1 começa quando o governo dos Estados Unidos descobre que um dispositivo alienígena antigo chamado Stargate pode acessar uma rede de dispositivos em uma infinidade de planetas. 

SG-1 é uma equipe de operações especiais de elite dos Estados Unidos da Força Aérea que exploram a galáxia e defender a Terra contra ameaças alienígenas. A série explora principalmente a mitologia egípcia, mitologia grega, mitologia nórdica e lenda do rei Artur, nos dando o caminho das pedras.

Resuminho do seriado de 1997 que você não viu.
Asgard é uma raça de aliens com tendências pacificadoras. São seres extremamente avançados tecnologicamente que vagueia pela Terra, assumindo o papel de “protetores” das redondezas, da Via Lactea que é seu quintal. Eles criaram a mitologia Nórdica e propagam todo tipo de crenças religiosas, bem como toda a tecnologia que dispomos hoje: muita corda para nos enforcar.

Seus corpos não possuem a glândula supra-renal, que produz adrenalina em seu sistema. Eles tinham altura aproximada de 2m e geralmente se reproduziam sexualmente, mas sua biologia foi alterada gradualmente a partir do momento que tentaram usar meios científicos para prolongar artificialmente sua vida útil, tal qual estamos fazendo nesse exato momento.

Os padrões mentais de um Asgard são preservados por "download" em cristais de memória de computador e colocados em um novo corpo clonado tornando um Asgard efetivamente imortal à custa da incapacidade de se reproduzirem sexualmente, o que impediu que o processo natural de evolução e ascensão de suas almas torna-se possível sem assistência tecnológica.

O "moderno" Asgard mede cerca de um metro de altura, com tons acinzentados de pele, membros magros pequenos, grandes cabeças e olhos negros.

Como já disse aqui zilhões de vezes, 

Richard Dolan tem avisado em muitas palestras por aí que tem documentação farta que demonstra que esses bichinhos cinzentos estão criando uma nova civilização separatista.  Usam os militares e governantes corruptos para a promoção e manutenção do encobrimento desses seres tecnologicamente avançados.

Segundo os pesquisadores, uma civilização separatista é um termo que se refere a um grupo secreto dentro de uma nação ou a sociedade que promove uma agenda oculta muitas vezes envolvendo avanços tecnológicos que, eventualmente, levar ao recurso a independência da comunidade pai. 

Muitos renomados cientistas, políticos e pesquisadores já tentaram nos alertar sobre esses avanços na agenda, mas a humanidade não está apta a enxergar essas pistas, ainda, a menos que alguém esfregue na sua cara.

O senador já falecido do Havaí, Daniel K. Inouye presidiu o Comitê Seleto do Senado sobre a assistência militar secreta ao Irã em 1987 e disse em bom tom com todas as letras:

"Existe um governo sombra com a sua própria Força Aérea, a sua própria marinha, o seu próprio mecanismo de captação de recursos e a capacidade de exercer as suas próprias ideias sobre o interesse nacional, livre de todas as verificações e balanços, e livres da própria lei."

Asgardia
Asgard é derivado do nórdico antigo - Ass , deus + garðr , ansu - espírito, demônio, essencialmente significa "jardim dos deuses



Projeto Asgardia
Um novo país chamado Asgardia, em homenagem a cidade mitologia nórdica nos céus, poderia ser a primeira nação já criada no espaço e terá seu primeiro movimento entre 2017 e 2018.

O grupo de arianos que está por trás dessa brilhante ideia  inclui peritos espaciais baseados fora do Canadá, Romênia, Rússia, e os Estados Unidos que anunciaram essa “novidade” em uma conferência de imprensa em Paris dia 12 de outubro do corrente ano.

Seu conceito central é lançar um satélite robótico dentro dos próximos 18 meses e, em seguida, eventualmente, seguir com uma estação espacial permanente, onde as pessoas poderão viver, trabalhar e ter suas próprias regras e regulamentos, comunica um membro fundador.

Em última análise, os organizadores prevêem "um escudo protetor para toda a humanidade das ameaças naturais à vida na Terra, tais como detritos espaciais, ejeções de massa coronal e colisões de asteróides, de acordo com um comunicado de imprensa.

"Devemos deixar [a Terra], porque isso é muito na natureza da humanidade. A humanidade deixou a África e cobriu todo o mundo. Os recursos da Terra serão esgotados". "Em terceiro lugar, gostaria de dizer, nós temos um desejo de ir onde ninguém foi antes."

Pensamento fedorento de Ram Jakhu, diretor do Instituto de Direito Aéreo e Espacial e membro fundador de Asgardia da Universidade McGill,

Os “especialistas” em treinamento de jumentos, projetores de Asgardia, estão convidando você a se juntar nessa furada milenar.
 
OLHO DE HÓRUS?
https://asgardia.space/
Quem desejar participar dessa virada na história humana, será dada a preferência para as primeiras 100 mil pessoas que se inscreverem antes do lançamento do primeiro satélite - e todos os procedimentos de cidadania típicos que são usados ​​na Terra serão seguidos. Isso não significa que a cidadania Asgardian não estará disponível para todas as pessoas na Terra, independentemente da sua jurisdição terrena.

O conceito do projeto compreende três partes - filosóficos, jurídicos e científicos / tecnológicos. E é difícil dizer qual delas é a mais importante.

A filosofia do projeto - Asgardia é uma nação plenamente desenvolvida e independente, e futuro membro da Organização das Nações Unidas - com todos os atributos que este estatuto implica: um governo e embaixadas, uma bandeira, um hino nacional e as insígnias, e assim por diante.

Os primeiros Asgardianos serão aqueles que trabalham nos domínios da investigação e exploração espacial e tecnologia espacial, bem como investidores nestas áreas, incluindo os pequenos investidores.

A essência da Asgardia é paz no espaço, bem como a prevenção de conflitos da Terra que estão sendo transferidos para o espaço. A princípio jurídico fundamental é que Asgardia não interferirá nas relações entre estados na Terra - e vice-versa.

Que papo furado... e segue a carruagem.
Saiu no dia seguinte um comunicado de imprensa enviado pela Casa Branca aos cidadãos americanos e afins.


Segue o texto traduzido e devidamente reduzido - e link do site da Casa Branca

Gabinete do Secretário de Imprensa
Para divulgação imediata
13 de outubro de 2016
Ordem Executiva
- - - - - - - 

Pela autoridade investida em mim como Presidente pela Constituição e as leis dos Estados Unidos da América, e preparar a nação para eventos espaço de tempo, fica ordenada da seguinte forma:

Seção 1. Política. eventos climáticos espaço, na forma de erupções solares, partículas energéticas solares e perturbações geomagnéticas, ocorrem regularmente, alguns com efeitos mensuráveis ​​sobre os sistemas de infra-estruturas críticas e tecnologias, tais como o Sistema de Posicionamento Global (GPS), operações de satélite e comunicação, aviação, e a rede de energia elétrica. 

Eventos extremos do clima espacial - aqueles que podem degradar significativamente infra-estrutura crítica - poderiam desativar grandes porções da rede de energia elétrica, resultando em falhas em cascata que poderiam afetar os principais serviços como abastecimento de água, saúde e transporte. O clima espacial tem o potencial de afetar e prejudicar a saúde e segurança por todos os continentes simultaneamente. Com sucesso se preparando para eventos de clima espacial é um esforço de toda nação que exige parcerias entre os governos, gestores de emergência, universidades, meios de comunicação, indústria de seguros, sem fins lucrativos e do setor privado.

É a política dos Estados Unidos para se preparar para eventos espaço de tempo para minimizar a extensão dos prejuízos econômicos e sofrimento humano

A implementação desta ordem e do Plano de Ação exigirá do Governo Federal trabalhar em todas as agências e para desenvolver, como parcerias adequadas, avançadas e inovadoras com Estado, tribal, e os governos locais; academia; organizações sem fins lucrativos; o sector privado; e parceiros internacionais. Estes esforços reforçar a preparação nacional e acelerar a criação de uma nação-espaço-tempo pronto.

O secretário de Defesa deve assegurar o fornecimento oportuno de espaço operacional observações meteorológicas, análises, previsões e outros produtos para apoiar a missão do Departamento de Defesa e parceiros de coalizão, incluindo o fornecimento de alertas e avisos para os fenômenos do clima espacial que podem afetar sistemas de armas, operações militares, ou a defesa dos Estados Unidos.



 (J) Os chefes de todas as agências que oferecem suporte a funções essenciais nacionais, definidas pela Diretiva Presidencial Política 40 (PPD-40) de 15 de Julho, 2016 (Política Nacional de Continuidade), devem assegurar que o espaço eventos climáticos são tratadas de forma adequada em suas todos os riscos planificação da preparação, incluindo a mitigação, resposta e recuperação, conforme indicado pelo PPD-8 de 30 de Março de 2011 (National Preparedness).
Sec. 5. Implementação. 
(A)  No prazo de 120 dias a contar da data desta ordem, o secretário de Energia, em consulta com o secretário de Segurança Interna, deve desenvolver um plano para testar e avaliar os dispositivos disponíveis que mitiguem os efeitos das perturbações geomagnéticas na rede de energia elétrica através o desenvolvimento de um programa piloto que implanta tais dispositivos, in situ, na rede de energia elétrica. 

(B)   No prazo de 120 dias a contar da data desta ordem, os chefes das agências setoriais que supervisionam as funções de infra-estrutura de linha de vida crítico como definido pelo Plano Nacional de Proteção de Infra-estruturas de 2013 - incluindo comunicações, energia, transporte e água e sistemas de águas residuais -, bem como dos reatores nucleares, materiais e Setor de resíduos, devem avaliar o seu executivo e autoridade legal, e os limites da autoridade competente, para dirigir, suspender ou controlar operações críticas de infra-estrutura, funções e serviços antes, durante, e depois de um evento do clima espacial. Os chefes de cada agência específica para o sector deve incluir um resumo destas avaliações à Subcomissão.

Sec. 7. Definições. Tal como utilizado neste pedido:

(A)         "Prepare-se" e "preparação" têm o mesmo significado que eles têm em PPD-8. Eles referem-se às medidas tomadas para planejar, organizar, equipar, treinar e exercício para construir e manter as capacidades necessárias para prevenir, proteger, mitigar os efeitos de, responder e se recuperar de as ameaças que representam o maior risco para o segurança da nação. Isso inclui a previsão e notificação de eventos espaço de tempo.

(B)         "clima espacial" significa variações no ambiente espacial entre o Sol e a Terra (e em todo o sistema solar) que pode afetar tecnologias no espaço e na Terra. Os principais tipos de tais eventos são erupções solares, partículas energéticas solares e perturbações geomagnéticas.

(C)         "Alargamento solar" significa uma breve erupção de energia intensa sobre ou perto da superfície do Sol, que é tipicamente associada com as manchas solares.

(D)         "partículas energéticas solares" significa íons e elétrons ejetados do Sol que estão tipicamente associados a erupções solares.

(E)         "perturbação geomagnética" significa uma perturbação temporária do campo magnético da Terra resultante da atividade solar.
(F)          "infra-estruturas críticas" tem o significado fornecido na seção de 1016 (e) da Lei Patriota dos EUA de 2001 (5195c 42 USC (e)), ou seja, sistemas e ativos, seja física ou virtual, tão vital para os Estados Unidos que a incapacidade ou a destruição de tais sistemas e ativos teria um impacto debilitante sobre a segurança, a segurança econômica nacional, a saúde pública ou a segurança nacional, ou qualquer combinação desses elementos.

Esta ordem não se destina a, e não, criar qualquer direito ou benefício, material ou processual, executável perante a lei ou na equidade por qualquer das partes contra os Estados Unidos, seus departamentos, agências ou entidades, seus diretores, empregados , ou agentes, ou a qualquer outra pessoa.

BARACK OBAMA

A CASA BRANCA,
13 de outubro de 2016.

 ------------------------------------------------------------------------------------------

Que será que esses caras estão aprontando...

laura botelho

OBama fala sobre Aliens e nos diz que eles estão no controle



Já postei esse vídeo aqui várias vezes, mas talvez você não tenha ligados os pontos, mas agora vai. Kennedy foi silenciado, pois colocava em risco a agenda, a toda a evolução do processo até nossos dias. As coisas ficarão tensas para muitos, mas não para todos. Quem tem a informação tem poder de escolha.



meus livros

meus livros
Click na imagem para comprar

Vulcões ativos