Google

Translate my page Google

05/01/2011

Canário numa mina de carvão


Canário numa mina de carvão
A expressão deriva da prática antiga e comum de levar canários para minas de carvão, caso estivesse presente um gás venenoso, como metano ou monóxido de carbono em excesso, o canário morreria antes de este afetar os mineiros, servindo assim como um aviso avançado da presença de um perigo iminente.

Enquanto o canário em uma mina de carvão continuar cantando, os mineiros estarão seguros. Um canário morto em uma mina de carvão sinaliza uma evacuação imediata.

Gente, não iria escrever sobre esse assunto, mas após ter contato com um site que eu respeito como fonte isenta de “propaganda” alarmista, resolvi resumir para vocês o que poderia estar levando a morte de tantos animais e a manifestação de outros fenômenos estranhos e constantes na mídia ultimamente.

Tenho muitos textos aqui falando sobre mudança de pólos e idade do gelo e suas conseqüências e por mais que a gente leia, sempre esquece de alguns detalhes. Vamos refrescar a memória

Os melros e peixes mortos podem ter
sido resposta a alguma ameaça invisível?

Pesquisadores que trabalham nas áreas de geologia, ecologia, meteorologia, astrofísica, e heliologia apontam para um novo cenário preocupante - a convergência de dois grandes ciclos de resfriamento a caminho - o início de uma nova Idade do Gelo.

Com os sintomas dessa fase glacial é esperada uma mudança abrupta na temperatura, e com essa mudança, sucessivos problemas agregarão concomitantemente a ela.

Os cientistas nos afirmam que a morte de seres humanos será massiva daqui em alguns meses. Não se trata de números de mortos em escala de milhares de seres vivos, estamos falando de milhões deles - a escassez de alimentos e combustíveis para aquecimento das futuras madrugadas congelantes não tardará.

A migração de milhões e milhões de pessoas para pontos mais secos e quentes do planeta em busca de água e comida, será um fator determinante para o inicio dos conflitos armados, doenças e epidemias e crise humanitária no globo, decorrentes de conflitos regionais e perdas de vidas humanas com dimensões apocalípticas.

Muitos terão que abandonar tudo, casa, cidade e até seu país para salvar suas vidas a procura de paz... Alguns países do norte serão abandonados com povos marchando para longe do gelo do Ártico. Uma cena real similar ao filme “Um dia depois de amanhã”.

Durante os próximos 30 meses as temperaturas do mundo estão previstas para despencar ainda mais e drasticamente e em um ritmo dramático no mundo inteiro superiores aos anos passados, você nunca viu nada igual.

Inverno da Grã-Bretanha é o mais frio desde 1683 e perto de ser o resfriamento mais grave em aproximadamente 1.000 anos.

Os oleodutos que atravessam a Ucrânia também levam gás à Europa. De fato, 20% do gás da União Européia é fornecido pela Rússia através dos gasodutos na Ucrânia. Assim, no futuro, a Rússia passa a deter a Europa refém dos fornecimentos de gás. 


A Rússia está se preparando para um mundo diferente que pode ter momentos muito frios pela frente. Em uma “guerra fria” futura, a Rússia poderia vence-la sem nunca disparar um tiro, apenas cortando o fornecimento do gás que alimenta e gera calor para manutenção da vida na Europa.

Uma previsão “otimista” acerca da extensão do gelo sobre as novas áreas se estenderia sobre o Hemisfério Norte até o sul de Cuba e sul da Itália.

Declarações do cientista John L. Cardoso, diretor do Space and Science Research Center:

"A Terra normalmente faz ajustes de temperatura em maior ponto dentro de 2 a 3 anos. Estamos lidando com os efeitos combinados da termodinâmica normalização planetária e da influência da temperatura global, e da subjacente desaceleração mais forte provocada pela hibernação solar. Ambas as forças apresentam a primeira oportunidade desde o período do sol que causou o aquecimento global período findo em testemunhar óbvias conseqüências nefastas agrícola do novo clima frio. A análise mostra que os alimentos e combustíveis derivados de culturas serão ameaçadas nos próximos 2 anos. Embora o SSRC não tenha previsão de um tempo de curto prazo, não seria incomum ver estes efeitos negativos neste ano (2011) muito menos dentro dos próximos 30 meses. "

Fim do ciclo de aquecimento global (1999), um termo de longa queda no interior da temperatura da Terra (a partir de 2006 a 2007)

O Sol está entrando em um "período de hibernação” e depois de 2012, espera-se ficar quieto, pelo menos nos próximos 30 a 50 anos. 

O intervalo de descanso da máxima Glacial começou há 12 – 13 mil anos atrás, portanto, estamos nas vésperas desse fenômeno a qualquer momento. 
E uma coisa ruim que você deve saber sobre Glaciais é que eles podem começar subitamente, em poucos dias.

Fique ligado em notícias como:
“A temperatura despenca 20, 30 graus de repente”
“Neva em países onde não se esperava como Israel, Marrocos, Egito e sul da China”.
“O frio está insuportável. Idosos e crianças não resistem a ele”
“Rios estão congelando e até oceanos”
“Os animais estão morrendo de frio, as plantas estão morrendo”
“Os níveis de CO2 estão baixando! Se alegram os ambientalistas!”

Em 1999, a revista científica britânica "Nature" publicou os resultados de dados provenientes de núcleos de gelo glacial coletados na estação russa de Vostok na Antártica durante a década de 1990. 

O núcleo do gelo de Vostok  inclui um registro das temperaturas atmosféricas globais, o CO2 atmosférico e de outros gases e partículas no ar a partir de 420 mil anos atrás e continua ao longo da história até os dias atuais.

Dentro desse ciclo natural, a cada 110 mil anos a temperatura global, seguido por níveis globais de CO2 atingiram o pico em aproximadamente os mesmos níveis que se encontram hoje.

Não é hora de se esconder embaixo da cama da bisa ou trabalhar que nem um louco para juntar economias para uma aposentadoria dos sonhos. São dois pólos extremos de ausência da realidade.

O momento é de reflexão, de investigação, informação. Hora de estudar um plano “B”, “C” e “D”.  Hora de estudar maneiras de minorizar um “eventual” problema adiante.

Temos que ter em mente que cada dia é importante para enxergar nossas ações, intuir situações e desenvolver novas habilidades que nunca precisamos ou nunca pensamos em po-las em prática.

Estaremos mais propícios a conflitos familiares e em ambientes diversos. As energias estarão aflorando no campo que envolve o planeta. Precisaremos estar atentos aos movimentos e escolhas que faremos, pois isso determinará o clima de seu próprio MUNDO.

O mundo é um destino de seres da 3D.
Você está além desse mundo, portanto acredite que poderá construir um ambiente sereno, equilibrado e pacífico daqui em diante – só depende de você.

laura botelho

meus livros

meus livros
Click na imagem para saber mais

meus livros

meus livros

Vulcões ativos